»
credit

Pra onde vão os trens?

Não é com os olhos que se encontra o amor verdadeiro.
Ask F.A.Q


❝Aquela encruzilhada que você mais tem medo, uma hora vai chegar. Você vai ter caminhos à sua frente, vai ter que escolher um e ir sem olhar para trás. Algumas pessoas seguirão com você e outras te olharão de longe, sem saber para onde ir, e haverá também aquelas que tomarão outro caminho, totalmente diferente, sem nem ao menos te olhar para se despedir. E você tem que seguir, tem que andar, tem que continuar. Novas pessoas substituirão o lugar das antigas, mas não preencherão o vazio que elas deixam. Não por completo. Mas se você permitir, um dia, novas pessoas também terão um papel importante na sua vida. Ligações de alguém novo no meio da noite também te deixarão feliz, e mensagens de bom dia te farão começar o dia sorrindo. Mesmo que não dure, mesmo que você não seja aquelas pessoas sortudas que tem um amigo para o resto da vida, não desista. Coisas ruins vão embora, coisas boas vem. Coisas boas também vão embora, mas não há tempestade que dure para sempre. Nada dura. Mesmo assim, guarde seus dias ensolarados no coração. Guarde as memórias felizes como o mais precioso tesouro. No momento em que as coisas estiverem difíceis, isso vai te ajudar. E mesmo quando você se for, leve com você tudo de bom que conseguiu, mergulhe nas boas memórias, sorria se sentir vontade, chore se o coração apertar. Só não se esqueça de ser a memória boa de alguém também.
© A culpa é mesmo das estrelas?  (via inverbos)


Há 1 mês · 2.695 notas · reblog this
originally zoiodlula · via seex
❝Um dia você volta atrás. Ele te convence. Chora. Te pega de jeito. E você lembra que ninguém beija como ele, ninguém abraça como ele, ninguém olha como ele, ninguém ri como ele, ninguém te enlouquece como ele.
© Clarissa Corrêa. (via inverbos)

❝Eu gostaria de lhe agradecer pelas inúmeras vezes que você me enxergou melhor do que eu sou. Pela sua capacidade de me olhar devagar, já que nessa vida muita gente já me olhou depressa demais.
© Padre Fábio de Melo.  (via inverbos)

❝Preciso admitir, sou muito irônica, e grossa às vezes, um pouco meiga de vez em quando. Gosto do meu lado apaixonada, mas quase nunca aparece. E meu lado safado chega a me assustar. Protetora e ciumenta ao extremo. Tenho um gênio difícil e um temperamento forte. Às vezes sou barraqueira, outras, calma até demais. Dura como uma pedra e frágil como um vidro. Um poço de orgulho, e mais conhecida como a rainha do drama, essa sou eu. E sabe o que mais me assusta? Ainda tem gente que gosta.
© Tati Bernardi.   (via inverbos)


❝Nunca diga “te amo” se não te interessa. Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem. Nunca toque numa vida se pretende romper um coração. Nunca olhe nos olhos de alguém se não quiser vê-lo se derramar em lágrimas por causa de ti. A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você quando você não pretende fazer o mesmo.
© Mario Quintana.   (via inverbos)

❝Por muito tempo gritei, bati o pé, fiz birra. Quis calar o mundo com palavras, mas acabou. Hoje sou eu quem me calo e deixo a minha felicidade falar mais alto. E olha só, funciona.
© Allax Garcia.  (via inverbos)


❝Sei que pareço infeliz e mal-humorado, mas é só escudo. Minha felicidade é sempre pequena demais pra espalhar por aí.
© Gabito Nunes.   (via inverbos)


❝Estou aceitando o fato de que algumas pessoas nasceram para sentir o amor, mas não para viver um.
© Caio Fernando Abreu.  (via inverbos)